sexta-feira, 3 de julho de 2015

PAIS FUMANTES NÃO PROTEGEM ADEQUADAMENTE SEUS FILHOS DA EXPOSIÇÃO AO CIGARRO

Até que ponto os pais estão expondo seus filhos aos malefícios do cigarros? Ter uma casa livre do tabaco - onde todos os atos de fumar são feitos no exterior da casa – protege as crianças da exposição ao fumo passivo e também reduz o risco de que eles possam começar a fumar mais tarde.
As regras livres de tabaco são um aspecto tão importante de controle do fumo, especialmente para as crianças, uma vez que, ao contrário dos adultos, elas têm menos controle sobre o ambiente que as cerca. Porém, em quase 40 por cento dos lares americanos com pais que fumam, os pais não têm regras anti-fumo para os seus filhos, segundo um novo estudo.
No novo estudo, uma equipe da Universidade de Wisconsin-Madison analisou dados de uma pesquisa do governo federal americano, no período de 2010-2011. Os pesquisadores descobriram que cerca de 60 por cento das famílias com crianças, e pelo menos um dos pais que fumava, tinha uma regra voluntária para não-fumantes na casa.
Essas regras eram mais prováveis ​​de existirem em lares com dois pais contra os lares monoparentais, descobriram os pesquisadores. As regras tinham maior probabilidade de existirem se os pais tinham uma educação universitária, e se a renda familiar igualou $ 50.000 dólares anuais ou mais. Casas com crianças eram mais propensos a ter regras anti-fumo do que casas sem bebês, segundo o estudo.
A maioria dos pais concorda que fumar nunca deva ser permitido dentro dos carros quando as crianças estão presentes, incluindo 72 por cento das pessoas que não têm uma regra para não-fumantes em sua casa, a equipe de Wisconsin encontrados. Por outro lado, áreas de recreação livres de fumo das crianças ao ar livre foram apoiadas por apenas 61 por cento dos pais que não têm uma regra para não-fumantes em sua casa.
Os autores acreditam que mais deva ser feito para levar os pais fumantes a pensarem duas vezes a fazer uso de cigarros quando as crianças estiverem por perto.