terça-feira, 7 de julho de 2015

OBESIDADE - CARDÁPIO

O primeiro passo para se iniciar uma dieta saudável é conhecer a pirâmide alimentar.
Cardápio

O primeiro passo para se iniciar uma dieta saudável é conhecer a pirâmide alimentar. Você sabe o que é pirâmide alimentar? 

A pirâmide alimentar é a distribuição dos alimentos em grupos para facilitar a ingestão de acordo com as necessidades diárias do organismo. Esta pirâmide serve para que possamos escolher os alimentos com variedade, equilíbrio e moderação. É um guia para a boa alimentação.

Conheceremos agora sugestões de alimentos para montar um cardápio saudável e saboroso!


Crianças menores de três anos:

É importante que se faça intervalo de duas ou no máximo três horas entre as refeições.

» Café da manhã: leite materno ou mamadeira;

» Colação: mamadeira de suco ou frutinha amassada;

» Almoço: sopinha de legumes (amassada, nunca batida no liquidificador), arroz com carnes ou peixe, gema de ovo, ou massas. Uma fruta ou gelatina de sobremesa;

» Lanche: fruta com cereais ou suco;

» Jantar: o mesmo do almoço;

» Antes de dormir: leite materno ou mamadeira.


Crianças maiores de três anos e adolescentes:

É importante que se faça intervalo de mais ou menos três horas entre as refeições.

» Café da manhã: leite, sucos, iogurte, pão integral, torradas, pão de queijo, requeijão, geleia de frutas, queijo, etc.;

» Colação: suco de frutas, frutas; 

» Almoço: arroz, leguminosas (feijão, lentilha, ervilha), saladas variadas, vegetais, hortaliças, massas, tubérculos (batata, aipim, inhame), carnes, peixes, ovo, frutas e gelatina de sobremesa;

» Lanche: sucos, vitaminas, iogurte, barrinha de cereal, biscoitos (de preferência sem recheio);

» Jantar: o mesmo do almoço ou sopa de legumes;

» Ceia: suco de frutas, barrinha de cereal, mingau.


Os cardápios sugeridos são somente dicas para compor a alimentação diária das crianças e adolescentes. Devemos nos lembrar de que as porções referentes a cada tipo de alimentos devem ser seguidas de acordo com a faixa etária que a criança está inserida. 


Dicas para compor a alimentação saudável: Para tornar o momento das refeições ainda mais prazeroso, é indicado que os pratos sejam montados de forma colorida e variada para chamar a atenção da criança. Dê preferência aos alimentos assados e cozidos no lugar das frituras, e às bolachas sem recheio. O tempero da comida também é um fator importante para o sucesso das refeições, dê preferência aos naturais sem conservantes. E cuidado com o sal.

As frutas e legumes são mais baratos e saborosos quando encontrados na época de safra. As folhas (chicória, couve) não devem ser refogadas por muito tempo, pois perdem muitos nutrientes.

As crianças e adolescentes diabéticos e hipertensos devem seguir um cardápio especial indicado pelo médico ou nutricionista!


Atividade Física

A atividade física é uma aliada para a boa saúde e, quando se trata de prevenir a obesidade, ela é fundamental. Uma das causas da obesidade é o sedentarismo e a prática de esportes inibe que ele se instale. Ela torna a criança ativa, aumentando o gasto calórico e a disposição. Além do convívio social, ela melhora o equilíbrio, a coordenação motora, a capacidade cognitiva, trazendo qualidade de vida.

Toda criança deve ser incentivada a realizar esportes, mas com cautela, pois o excesso de atividades diárias leva a exaustão podendo até comprometer a saúde. Não é necessário matricular a criança em escolinhas e academias. É possível fazer com que ela se exercite em parques, quintais, praças. Basta permitir que ela corra, jogue bola, solte pipa, dance, enfim, brincar já é uma grande atividade.