segunda-feira, 6 de julho de 2015

DOENÇAS PULMONAR ....

A doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) já é a terceira principal causa de morte no mundo; um novo estudo europeu descobriu que a doença respiratória pode também aumentar as probabilidades de uma pessoa apresentar morte súbita cardíaca.
A DPOC é uma doença progressiva e incurável que envolve uma combinação de enfisema e bronquite, estando muitas vezes ligada ao fumo. A doença já foi associada com um aumento do risco de doenças cardíacas e morte súbita cardíaca em certas populações de pacientes de alto risco.
Agora, o novo estudo mostra que a DPOC é um indicador de risco para morte súbita cardíaca na população em geral, e que o risco aumenta com a gravidade da DPOC. A DPOC também está associada com arritmias cardíacas, como a fibrilação atrial. O novo estudo envolveu mais de 13.000 pessoas com idades a partir de 45 anos, sendo que deles mais de 1.600 foram diagnosticados como portadores de DPOC.
Durante o curso do estudo, 39 por cento dos participantes morreram. Dessas mortes, 551 estavam relacionados à morte súbita cardíaca. 15 por cento das pessoas que morreram de morte súbita cardíaca tinham DPOC.
Verificou-se que, em geral, o diagnóstico de DPOC aumentou o risco de morte súbita cardíaca em 34 por cento. Depois de cinco anos de vida com DPOC, o risco de morte súbita cardíaca torna-se mais de três vezes maior para as pessoas que sofrem de crises de sintomas frequentes da DPOC, tais como falta de ar e tosse.
Como adendo, os participantes do estudo com DPOC que sofreram morte súbita cardíaca eram mais propensos a morrer durante a noite.
A forma mais importante para prevenir a DPOC e a morte cardíaca súbita é não fumar e ter um estilo de vida saudável, segundo o estudo.
Fonte: European Heart Journal, news release.