segunda-feira, 6 de julho de 2015

DIETA MACROBIÓTICA PROPÕE UM ESTILO DE VIDA



Criada pelo japonês George Ohsawa no século passado, essa dieta tem como princípio a ingestão de alimentos naturais, de preferência sem nenhum tipo de processamento.
Alguns dos alimentos permitidos na dieta macrobiótica são: soja, grãos, vegetais, feijões, sementes, peixe e frutas.
Já a lista dos alimentos totalmente proibidos é bem maior e inclui: carne, açúcar, café, chás que contenham cafeína, bebidas estimulantes, álcool, chocolate, farinha refinada, pimentas, alimentos químicos e com conservantes, aves, batatas e lácteos.
Outro ponto importante para quem segue a dieta macrobiótica é o equilíbrio do sódio e do potássio na escolha e no preparo dos alimentos. A proporção desses elementos deve ser aproximadamente igual à proporção existente nas células do nosso organismo.
Inicialmente, para quem não conhece, chegar a esse ponto de equilíbrio exige bastante atenção, a habilidade em entender o processo, no entanto, vem com a prática, por meio da observação e meditação sobre os conceitos de Yin e Yang, principais colunas do pensamento dialético oriental.

Segundo o site americano U.S. News, especializados em dietas, o estilo de vida macrobiótico tem como objetivo também a prevenção de doenças, como diabetes e problemas do coração.