terça-feira, 16 de junho de 2015

RESÍDUOS DO CAFÉ PODE FAZER BEM À SAÚDE

destaque_cafe

Preferência nacional, o cafezinho faz parte do cotidiano dos brasileiros – e dos estrangeiros também.  O Brasil é um dos maiores produtores de café do mundo, mas do processo de industrialização do grão até o preparo da bebida, muito se perde. Esses são chamados de resíduos, que são, geralmente, descartados. O que muita gente não sabe é que esses podem ter aplicações úteis.
A borra do café pode ser utilizada na esfoliação da pele, na limpeza de superfícies e na fertilização de alguns tipos de plantas. De acordo com pesquisadores da Universidade de Granada, na Espanha, os subprodutos do café poderiam ser aproveitados para fins nutricionais humanos.
A borra e a epiderme do grão são ricas em fibras e fenóis, além de conterem propriedades antioxidantes e antimicrobianas. De acordo com o estudo espanhol, o efeito antioxidante da borra do café chega a ser 500 vezes maior do que o da vitamina C. Dessa forma, os pesquisadores acreditam que o material possa ser usado para fabricação de alimentos.
Contudo, os pesquisadores ressaltam que o processo ainda não é tão simples, uma vez que é necessário separar as fibras e fenóis das melanoidinas – substância produzida quando o café é torrado e que podem ser aproveitadas para a prevenção de agentes patogênicos prejudiciais em outros produtos alimentícios.
Fonte: Diário da Saúde, 13 de maio de 2015