terça-feira, 16 de junho de 2015

ÔMEGA-3 PODE AFETAR COMPORTAMENTO DAS CRIANÇAS

3july00

Estudo realizado na Escola de Medicina da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, mostrou que a dieta é capaz de influenciar no comportamento das crianças, especialmente a presença de ácidos graxos ômega-3.
Realizado com 100 crianças, com idades variando entre oito e 16 anos, o estudo mostrou que aqueles que recebem porções suplementares de ômega-3 apresentaram menor temperamento explosivo e menos problemas emocionais.
As crianças receberam suplemento de ômega-3 por seis meses, período no qual apresentaram melhor comportamento e menos episódios de questões emocionais. O interessante é que tal comportamento continuou mesmo após o término do estudo e da suplementação com o ácido graxo.
Os pesquisadores acreditam que o ômega-3, presente em peixes e oleaginosas, pode diminuir problemas de comportamento antissocial e criminal a longo prazo.
O estudo foi publicado no The Journal of Child Psychology and Psychiatry.
Fonte: The Journal of Child Psychology and Psychiatry, Volume 56, Issue 5, pages 509–520, May 2015