segunda-feira, 22 de junho de 2015

ABACATE PODE AJUDAR A COMBATER LEUCEMIA


O abacate tem sido muitas vezes destacado pelos seus benefícios para a saúde, desde o fato de ser um alimento rico em vitaminas até o bem que pode fazer à pele. Mas agora pode também guardar a chave para ajudar a combater uma leucemia rara.
O professor Paul Spagnuolo da Universidade de Waterloo, no Canadá, identificou um lipídio nos abacates que combate a Leucemia Mielóide Aguda (LMA), travando o crescimento das células doentes.
A Leucemia Mielóide Aguda é um tipo raro e mortal de câncer no sangue, mais comum em pessoas com mais de 65 anos, segundo o 'The Independent'.
O professor Spagnuolo realizou um estudo em parceria com o Centre for Commercialization of Regenerative Medicine (CCRM), em Toronto, e ativou um pedido para o uso do lipídio avocation B no tratamento deste tipo de leucemia. O estudo foi publicado na Cancer Research.
Segundo essa pesquisa, as moléculas gordas do abacate atacam as células estaminais da leucemia, coisa que ainda poucas drogas conseguem fazer. Depois desta descoberta, os pesquisadores esperam que um dia seja criada uma droga à base de abacate que consiga aumentar a esperança e qualidade de vida dos doentes deste tipo de leucemia.

O professor Spagnuolo explica que a molécula “avocation B não só elimina a fonte de LMA, como os seus efeitos seletivos são menos tóxicos para o corpo”.